MARCA PESSOAL NÃO SE CONSTRÓI, LAPIDA-SE

May 24, 2019

 

Já explicamos por aqui o que é branding, e o que é branding pessoal, e dissemos que pra ter uma boa reputação é preciso fazer tudo direito, mas que para ter uma forte marca pessoal é preciso fazer tudo com o seu jeito. Por isso, não se pode construir uma marca pessoal, porque você já tem a sua. Com certeza as pessoas que te conhecem já conhecem o seu jeito, portanto você não pode mais começar do zero.

 

Então para quê serve o branding pessoal? Para lapidar a sua marca pessoal. Você não pode mudar o seu jeito de ser, de agir, de pensar, de sentir, mas pode mudar a maneira de se comportar e de se expressar, sem mudar a sua essência, a sua personalidade. Por exemplo, se você é reconhecidamente uma pessoa engraçada, não adianta tornar-se uma pessoa séria do dia para a noite para ganhar credibilidade – isso iria contra tudo o que as pessoas já associam a você. Mas pode-se muito bem cuidar do conteúdo das piadas e do tom das brincadeiras. Sacou? Por isso cuidado com consultores que querem mudar tudo que você sempre foi – isso não é branding pessoal, é castração.

 

 

A personal brand is not built, it is polished

 

We have already explained what branding is, and what is personal branding, and we have said that in order to have a good reputation it is necessary to do everything right, but to have a strong personal brand you have to do everything in your own way. So you cannot build a personal brand because you already have one. Certainly people who know you already know your way, and then you cannot start from scratch.

 

So what is personal branding for? To polish your personal brand. You cannot change your way of being, acting, thinking or feeling, but you can change the way you behave and express yourself, without changing your essence, your personality. For example, if you are admittedly a funny person, it is no use becoming a serious person overnight to gain credibility - this would go against everything people already associate with you. But you can very well take care of the content of your anecdotes and the tone of your jokes. Got it? So beware of consultants who want to change everything you've always been - this is not personal branding, it's castration.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Patricia Ceccato
  • Twitter Patricia Ceccato
  • Pinterest Patricia Ceccato
  • Instagram Patricia Ceccato
FOLLOW ME
SEARCH BY TAGS
FEATURED POSTS